...

Uso da cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas para detecção de KPC


Klebsiella pneumoniae carbapenemase, conhecida como KPC, é a carbapenemase mais amplamente disseminada ao redor do mundo, associada a diversos surtos com elevadas taxas de mortalidade. Por isso, torna-se mandatório o desenvolvimento de novos métodos de diagnóstico que sejam rápidos, confiáveis e de baixo custo. Em artigo científico publicado recentemente pela equipe do INPRA, um método de detecção de KPC utilizando a tecnologia de cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas em tandem (LC-MS/MS) foi padronizado e validado, demonstrando o potencial desta tecnologia na detecção de mecanismos de resistência e abrindo caminhos para o desenvolvimento de métodos mais complexos para este fim.

Enterobacterales resistentes aos carbapenêmicos são microrganismos reconhecidos como uma importante ameaça à saúde global. Esses microrganismos causam a esmagadora maioria das infecções de difícil tratamento em ambientes de saúde e estão associadas a elevadas taxas de mortalidade. Dentre os mecanismos de resistência aos carbapenêmicos mais preocupantes está a Klebsiella pneumoniae carbapenemase, popularmente conhecida por KPC. Este mecanismo é globalmente disseminado e vem sendo responsável por um grande número de surtos letais, o que faz com que exista uma necessidade urgente de novos métodos rápidos de detecção, no intuito de contribuir clínica e epidemiologicamente no combate a este mecanismo de resistência.

Recentemente, a espectrometria de massas vem se mostrando uma valiosa ferramenta para os laboratórios de microbiologia, tanto para a identificação de microrganismos antes não identificados rotineiramente, como para a detecção de mecanismos de resistência, demonstrando ser uma ferramenta rápida, confiável e de baixo custo.

Tendo em vista todo o potencial dessa tecnologia, o Laboratório de Pesquisa em Resistência Bacteriana (LABRESIS) publicou um estudo em que um método de detecção de KPC em cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas em tandem (LC-MS/MS) foi padronizado e validado. O método consiste na detecção de quatro marcadores peptídicos específicos de KPC, previamente estabelecidos por uma abordagem in silico, utilizando uma rápida digestão com tripsina e subsequente análise por LC-MS/MS. Um total de 111 isolados de Enterobacterales foi avaliado e o método demonstrou uma excelente performance (Sensibilidade = 96,07%; Especificidade = 100%) com um tempo para o resultado de aproximadamente 90 minutos.

Apesar do custo considerável de aquisição e manutenção do equipamento e da necessidade de mão de obra especializada para sua operação, esta tecnologia pode ser utilizada para múltiplas finalidades e os insumos utilizados para a análise representam um custo quase negligenciável, permitindo sua ampla aplicação para triagem em massa.

Este método demonstrou ser robusto o suficiente para ser utilizado rotineiramente para a detecção de KPC. Ainda são necessários mais estudos no sentido de ampliar o número de mecanismos de resistência detectados por este método, bem como a sua validação para ser utilizado em matrizes mais complexas, como amostras biológicas ou ambientais.

O artigo pode ser lido na íntegra aqui.

 

Autoria: Ms. Otávio von Ameln Lovison

Revisão: Dra. Priscila Lamb Wink e Prof. Dr. Afonso Luís Barth