Instituto Nacional de Pesquisas em Resistência a Antimicrobianos

O INPRA é uma rede integrada de diversos pesquisadores e instituições que produzem conhecimento científico relacionado ao tema “Resistência Bacteriana” 

A missão do INPRA

O Brasil possui diversos pesquisadores que atuam na área de resistência bacteriana produzindo dados importantes e de extrema qualidade – o que pode ser atestado pela produção de artigos em revistas científicas de alto impacto. Diversos destes pesquisadores formam grupos de pesquisa, majoritariamente devido à proximidade geográfica e/ou por área específica de interesse no tema de resistência.

Além disso, existe uma grande desproporção de produção de conhecimento sobre a resistência bacteriana no Brasil o que, possivelmente, está associada à grande variação de disponibilidade de fomento, tecnologia e expertise no território nacional. Isso afeta, em particular, a geração de dados brasileiros representativos sobre a epidemiologia da resistência aos antimicrobianos.

Assim, o INPRA visa o estabelecimento de uma rede integrada de diversos pesquisadores e instituições que possam efetivamente interagir nas diversas formas de atividade científica relacionadas ao tema Resistência Bacteriana.

O INPRA está dividido em seis núcleos: I) Mecanismos de resistência bacteriana; II) Genômica e proteômica; III) Inovação e padronização de metodologias analíticas; IV) Epidemiologia clínica e molecular; V) Reservatório ambiental de genes de resistência; e VI) Potenciais novos antimicrobianos. O Núcleo I é o núcleo central ao qual os outros estão ligados de forma direta (núcleos III, III e V) ou indireta (núcleos II e VI). nucleos de atuação INPRA O INPRA conta com 13 grupos (ou laboratórios   associados) distribuídos em diferentes instituições e caracterizados pela expertise dos pesquisadores de cada grupo e instituição de origem.

Conheça a Equipe que faz parte do INPRA.